Translate

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

CONDICIONADOR INTENSIVO EVELINE COSMETICS


Olá olá pessoas!

Esta semana o post é grande e com poucas imagens porque venho falar-vos do produto que tem feito milagres na vida das minhas unhas. Falo do Condicionador Intensivo 8 em 1 da Eveline Cosmetics.

Já tinha ouvido/lido muito sobre este menino, mas o preço que vi nas minhas primeiras pesquisas (8€) impediu-me de o comprar logo de imediato. Na nossa visita à In Beauty, encontrei-o a 3,5€ e claro que abarbatei logo um. Entretanto, também o descobri a esse preço na Notino (antiga Fapex). Fica aqui a dica.

Vamos então às considerações.

A primeira coisa a dizer é que este produto é um tratamento. Ou seja, há que seguir determinadas regras para que faça o seu efeito. E sabemos como eu sou boa a cumprir essas cenas (#sóquenão).

As regras do jogo são:

- Durante 4 dias aplicar uma camada nova por cima da camada anterior. Todos os dias uma.


- Ao 5º dia, remover as 4 camadas e começar de novo.


- Repetir este processo durante 15 dias no máximo. Dá para fazer 3 ou 4 ciclos de 4 dias.


- Deve ser feita uma pausa de um mês entre tratamentos.

E porque eu sou tão má a seguir indicações, demorei meses até conseguir fazer a review como deve ser, mas descobri o que não se deve fazer. Nomeadamente:

- Usar como base coat. Não presta, o verniz descasca logo ao fim de 2dias.


- Usar apenas uma camada ad eternum. Não descasca logo no 2º dia, mas quando começa é quase como quando a plastificação da capa de umlivro está velha e sai assim às escamas. Com a desvantagem que traz bocados de unha também, o que é contraproducente.

Posto isto, vamos a resultados. Preparei-vos um piqueno Antes e Depois, para vosso deleite.



Nas fotos do Antes podem ver como a superfície da unha tem um aspecto seco e escamoso. O tamanho em si até nem estava mau, mas já se sabe que quando todo este não-presta chega à ponta da unha vai gerar quebras.

Vamos ao Depois?


Tirei as fotos mesmo a seguir a remover todo o verniz com acetona pura, daí a aparência seca das cutículas. Costumo aplicar o óleo logo de seguida, mas para as fotos não o fiz para que vissem a aparência da unha em si. A sensação é que o verniz entranhou mesmo na unha, e deixou este aspecto polido. Em relação ao crescimento, não posso dizer que tenha notado que tenham crescido
muito mais depressa, mas pelo menos foram crescendo sem partir em lado nenhum, o que para mim já é uma vitória.


Em jeito de conclusão, vão já a correr comprar isto, sigam as instruções e vejam as vossas unhacas ganhar toda uma nova vida. Produto acessível e com resultados milagrosos? Super recomendado!

Cheirinhos e até para a semana!

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

KIKO "PEARLY DARK VERMILLION" + WATER DECALS ANDREIA


Olá pessoas!

Long time no coiso, hein?

Que vergonha, desde Outubro (whaaa?!) que não ponho aqui os calcantes. A ver se em 2018 volto ao estaminé em força.

Um dos motivos que levou ao meu afastamento forçado, além da pura falta de tempo, foi o facto de as minhas unhas estarem a passar por uma crise de meia idade, chamemos-lhe assim. Quebradiças, a descamar, não cresciam por nada, nem sequer com os salamaleques habituais de óleo hidratante de hora a hora, verniz fortalecedor e rezas a Nossa Srª de Fátima.

Entretanto, consegui apanhá-las num dia bom e fiz uma coisinha mais tchanan para o Natal, que vos mostro hoje. 




O verniz usado foi o nº 70 desta nova gama da Kiko, o Smart Lacquer. É suposto ser uma gama low-cost, mas na realidade é o mesmo produto que já existia mas em frascos com metade da capacidade (7ml), pela módica quantia de 2€. O facto do frasco ser pequeno e ter daquelas tampas amovíveis dificulta (e muito) o trabalho na hora de passar o verniz nas unhas. O produto em si é o normal, verniz que cobre bem em duas camadas, com uma cor bastante brilhante e neste menino em questão, com um acabamento perolado.

Para abrilhantar a coisa utilizei uns water decals metálicos da Andreia, que comprei por um euro e picos na In Beauty (sim, ainda não fiz o post com o tour, shame on me).


Adorei o padrão geométrico destes decals, e o facto de ser metalizado também favorece muito o design. Encarquilhou um bocado com o top-coat, o que e normal acontecer com produtos deste estilo. Só não vos sei dizer se a identificação deste produto e o nº 1 ou o F-67 que se vê cá mais em baixo. 

E pronto. Ficamos por aqui esta semana, espero voltar na próxima, com mais coisinhas fofinhas para vos mostrar!

Cheirinhos!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

NAIL STICKER "PIED-DE-GAULLE" + ESSENCE THE GEL 33

Olá pessoas,

Sou perdidamente apaixonada por nail stickers!

Confesso que, por vezes, são uma decepção, pela dificuldade dos mesmos na aplicação, mas acho que é sempre giro experimentar. Às vezes até os uso quando não tenho pressa...

Outra coisa que queria ver, era como os "the Gel" da Essence se aguentavam com estas experiências.


Para esta voltinha, usei:
- Nail Foils QJ-Q068 (pied-de-gaulle)
- Essence the gel 33 wild white ways
- UNT base peel off (sempre uma excelente amiga com stickers e glitters)
- Seche Vite dry fast top coat (apenas útil para secar a base, por cima do sticker podem usar qualquer top coat, para protecção)


Bom...os brancos são sempre uma coisa difícil de se lidar...engane-se quem acha que são mais brandos do que pretos, vermelhos e azulões.

Se bem que os outros citados, infiltram-se em qualquer poro e qualquer cutícula, sendo um verdadeiro demo de remover, os brancos ficam sempre com aquele ar de quem andou a brincar com aqueles correctores antigos de pincel, que usávamos no tempo da Maria Cachucha.


Sinceramente, usar stickers em cima de vernizes de efeito gel, não é uma boa ideia, a não ser que tenham bastante tempo para deixar secar. O Seche Vite dá uma grande ajuda, mas colocar os stickers exige alguma pressão, e podem vir a estragar o trabalho todo.

Aparte isso, este verniz é bom e tem uma excelente cobertura.

Quanto aos stickers, este em particular é bastante rijo, tem o inconveniente de ser mais complicado de aplicar, mas é mais resistente e duradouro.

Cheirinhos da Tia Gasosa.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

DOTE "MARSHMALLOW" E "QUE LUXO"

Olá pessoas,

Hoje trago uma mani muito simples, fofinha, e bué de pink, como eu gosto, e espero que vocês também.

Estes 2 meninos vieram lá do outro lado do Atlântico, por módicas quantias de 1€ e pouquinho cada.



Como base, usei o DOTE Cremoso "Marshmallow 304" e para dar efeitos, usei o DOTE Divas "Que luxo 324", que é um glitter de tamanho considerável, e dá um "tchan" bem giro às unhas.


Este "Marshmallow", apesar de ser cremoso e pastel, é bastante pigmentado e opaco, fechando em apenas duas camadas.

E aqui está, uma coisinha bem simples, para dias em que se tem de fazer algo mais à pressa, mas fica fofinho na mesma.

Cheirinhos da Tia Gasosa.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Cenas...#23

Olá pessoas,

Como já devem de ter notado, de há uns tempos para cá, têm aumentado o número de utilizadoras de unhas de gel ou gelinho.

Pessoalmente, não sou fã da coisa, por uma série de razões, mas se há algo que veio em meu favor, foi essas mesmas pessoas virem a "desfazer-se" dos seus vernizes, contribuindo para o substancial aumento da minha colecção pessoal.

E a Tia agradece, e muito!

Ficam aqui dois exemplos disso:



Aqui vemos alguns Cliché que a amiga Cristina, agora usuária de gelinho, me facultou.




Nesta, podemos ver o contributo da Ana Moura (fiel seguidora, desde o primeiro post, e usuária de gel). O Andreia foi mesmo comprado para prendinha à je, e lá atrás temos Yolizuli, M&M, Risqué, Lovely Girl e Sally Hensen.

Portanto, serve este post para agradecer a estas duas meninas, mas ainda teremos mais sobre este tópico.

Cheirinhos da Tia Gasosa.






quinta-feira, 19 de outubro de 2017

CIEN - CREMES DE ROSTO

Olá pessoas,

Começo este post com um pedido de desculpas pelo meu desaparecimento, mas a vidinha tem andado atribulada. Esperemos que acabem as surpresas, por aqui.

Seguidamente, vamos ao que interessa: o post.

Que melhor maneira de marcar o meu regresso, do que aproveitar as recentes polémicas em volta da Cien, e de uma outra entidade que anda por aí a fazer testes às coisas, do que trazendo a minha própria review de mais um produto desta mesma marca?

Desta volta, venho falar-vos de 2 cremes que seleccionei para fazerem parte da minha rotina: o Cien Moisturising Cream 24h, para o dia, e o Cien com 5% de Ureia e efeito calmante, para a noite.



Realmente não há grandes farnicoques a dizer destes moços.

O creme de dia é uma cena meio untuosa, que cheira ao creme Nívea da lata azul, mas com cor rosada. Não tem SPF e tem uma absorção um bocado lenta, o que é mau, tanto para quem tem pele mista ou oleosa, como para quem quer seguir com a sua rotina da maquilhagem.




O creme de noite, é tipo um pesadelo: uma besuntice grossa de difícil absorção, o cheiro não é nada de maravilhoso (nem insuportável), faz um grande camadão na pele mesmo que se use pouco.

Passados uns dias de utilização, reparei que a minha pele ficou com mais imperfeições, talvez de não a deixarem respirar em termos e de serem muito gordurosos.

Portanto...nem tudo o que é da Cien, é bom, muito menos o melhor que está no mercado.

Tem algumas coisas boas, outras dão para remediar, outras não prestam, e é assim a vida.

E vocês, já experimentaram estes, ou outros, cremes da Cien? Contem-nos tudo!

Cheirinhos da Tia Gasosa.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

PROTECTOR DE CUTÍCULAS


Olá!

Hoje trago-vos a review de um produto que tem andado nas bocas do mundo e que são os protectores de cutículas.

Quase todas as marcas já têm a sua versão disto e que serve para facilitar a limpeza das cutículas após aquelas nail-art mais badalhocas: carimbadelas, esponjados, water-marble... Acredito que também ajude quando ainda não se tem a mão muito estável e esborratamos as cutículas a pintar as unhas de forma normal.

Aqui a vossa falida utiliza a versão homemade da coisa que consiste em simples látex líquido, do que é usado na maquilhagem de efeitos especiais, por exemplo. Comprei uma garrafa de 250ml por 3€ e retirei um bocado para um frasco vazio de Seche Vite. Posso dizer que ainda não precisei de fazer o refill, pelo que acredito que tenha protector de cutículas até ao próximo advento de Cristo.

Para as pessoas alérgicas ao látex foram criados estes meninos, uma espécie de autocolantes sem látex (duh...)


O que posso dizer sobre isto? Traz dez, custaram um euro no chinês e são uma segada do demo para aplicar!

Gastei 4 para testar em 2 unhas o que já diz muito da dificuldade que tive com isto mas quando bem aplicado fica com um aspecto muito clean e profissional.



No entanto, é um produto um pouco mais rijo que o látex líquido o que faz com que retirar estes meninos também seja uma tarefa árdua, em especial porque estamos a tentar não dar cabo de todo o trabalho que acabámos de ter nas unhas.

Resumindo e baralhando: ainda bem que não sou alérgica ao látex.

Cheirinhos!!